Entrevista com Jeremy Zuckerman, compositor da trilha sonora de Korra

jeremy

O compositor Jeremy Zuckerman recentemente conversou com o pessoal do Hypable sobre composições para a TV, uma inesperada trilha sonora e as vezes em que ele simplesmente teve que pirar.

Como é seu processo de composição de uma música para A Lenda de Korra?

Começamos com o que é chamado de sessão “spotting”. Ben Wynn (designer líder de som de “Korra” e meu parceiro de negócios), Aran Tanchum (o recordista “foley” de “Korra”), Bryan Konietzko (co-criador) e Mike DiMartino (co-criador) se encontram na Nickelodeon onde analisamos o episódio que iremos começar a trabalhar em cima. Conversamos sobre a música e as necessidades do design do som simultaneamente, o que é bem incomum na indústria. É um bom jeito de ter certeza que há coesão entre os elementos de áudio também. Eu saio com uma boa perspectiva das necessidades da música para o episódio.

Após a sessão “spotting”, eu tenho duas semanas para entregar uma prévia da música. Eu realmente só tenho uns quatro dias para compor enquanto finalizo o episódio anterior. Isso envolve qualquer revisão que tenha vindo do Bryan ou do Mike, preparando a notação musical para as gravações (ainda bem que tenho umas boas pessoas para me ajudar com isso – é uma tonelada de trabalho),  corrigindo e aprimorando-a, gravando sequências, gravando Hong Wang (multi-instrumentista chinês), editando material gravado, mixando e preparando a sessão que irá para a dublagem (onde todos os elementos do áudio são juntados – diálogo, “foley”, design de som e música).

O processo atual de compor pode ser bem chato de assistir! Eu piro o tempo todo sobre como o tempo está se esgotando e depois escrevo devido ao fato de não ter mais tempo para pirar. Trabalho num computador e às vezes com lápis e papel quando faz sentido. Até gravei minha voz para imaginar e a usei como um mapa. Primeiramente gravei minha voz, depois fiz um esboço orquestral no papel usando minha voz como mapa. E, finalmente, o concretizei no computador. Tem muitos processos que trabalham para mim. Realmente depende do meu tipo de sugestão e do meu humor.

Qual sua parte favorita do processo?

Acho que é ouvir a música ganhando vida quando gravamos com os músicos. A ideia composicional mais simples vai realmente ganhar vida e é bastante gratificante ao gravar algo que não foi ridicularizado na demo porque só pode ser feito por humanos… Experimentos ou ideias que são realizadas. É especialmente legal quando essas ideias funcionam de verdade. Ha!

Também, compor é uma tarefa bem solitária e eu realmente gosto dos músicos de A Lenda de Korra. Interagir com eles dá vida para o processo e me deixa muito animado.

Qual é o aspecto mais desafiador ao compor para A Lenda de Korra?

Definitivamente manter o trabalho fluindo. A TV é brutal em sua implacabilidade. E “Korra” é muito ambicioso em todos os aspectos. Exige algo bem acima, além, e não entregá-lo não é uma opção para mim, particularmente. Então tem muitos dias onde a energia e a inspiração estão em falta… Mas você ainda tem que dar tudo de si.

Trabalhar em A Lenda de Korra tem sido diferente de Avatar: A Lenda de Aang?

Muito diferente. A natureza da ansiedade mudou. Foi de “Como eu faço isso?” para “Como eu faço isso a tempo?”

Eu acho que estou muito melhor no que faço agora. Me sinto mais no controle do trabalho e, quando experimento, parece mais específico e satisfatório.

Também, o tom de A Lenda de Korra é um pouco mais maduro e, com os músicos ao vivo (que eu não tinha em Avatar: A Lenda de Aang), sinto como se às vezes levasse “Korra” mais para uma série real, mais minimalista e sutil. Claro que ainda tem muitos dos grandiosos momentos épicos.

Trabalhar no Livro 2 tem sido diferente do Livro 1?

Sim. De novo, aprendi muito sobre trabalhar com o sexteto de cordas e Hong Wang. No começo tinha muito mais pesquisa no escuro (o que pode ser muito útil). E agora no livro 2 tem uma história musical e estética no lugar. O Livro 2 é bastante diferente do Livro 1 na história e no tom, então ele exige um material quase todo novo. Tem novos instrumentos, temas, técnicas, etc.

Tem algo em especial que os telespectadores deveriam ouvir no Livro 2?

Eu não quero colorir a experiência de ninguém. Os telespectadores fizeram conexões e notaram coisas que eu nem estava ciente sendo o compositor. Estou animado para ouvir direto deles.

Você tem um momento musical favorito na série até agora?

Nenhum em particular. Há uma ideia canônica recorrente com base em gamelão que tem sido divertido de explorar. Eu acho que o episódio 1×20 tem uns momentos musicais especiais. É também bonito visualmente (sem grandes surpresa, apesar de ser uma partida estilística).

Os fãs estavam realmente animados para ver a trilha sonora de A Lenda de Korra lançada, e o feedback tem sido maravilhoso. Como tem sido isso para você? 

Eu sabia que tinha uma fã-base mas eu não estava preparado para a recepção. Fui inundado com e-mails, tweets e mensagens no Facebook de pessoas que tiveram experiências extremamente profundas com a música. É incrível para mim. Me sinto horrível por não ter sido capaz de responder a todos mas estou infinitamente grato.

Você acha que colocaremos nossas mãos numa trilha sonora de Avatar: A Lenda de Aang em algum ponto?

Também uma boa chance de isso acontecer. Especialmente por causa do sucesso da trilha de A Lenda de Korra. Mas será uma TONELADA de trabalho e levará um tempo para fazer. Todo o material foi feito em computadores velhos e que não suportam mais os programas. E eu teria que regravar algum material, ter alguns músicos ao vivo, etc. Se eu for fazer isso, tem que ser demais… Eu acho que preciso reunir um time pequeno para por tudo em ordem mas acho que é algo que precisa ser feito.

Se você pudesse ser um dobrador, o que dobraria?

Eu pensei que eu era um dobrador de ar… Fazer música não é dobra de ar?

Jéssica Kynn

23 anos, Fortaleza-CE, estudante de informática e administração, formada na língua alemã pelo Kaufmänische Privatschule Shindele, trabalha com importação e vendas. Gosta de games, músicas, filmes, livros e séries. Administradora principal, atualmente responsável por todo o site e pelo seu desenvolvimento.

Você pode gostar...

  • Suiki

    Eu tb dou um dobrador de ar… peido pra krl : D

5 de December de 2016

Clear all