Terceira novelização de A Lenda de Korra cancelada

endgameA Random House, por e-mail, em resposta a pedidos de esclarecimentos, declarou que o terceiro volume e continuação das novelas infantis Revolution e End Game foi cancelada.

“Olá novamente, Morgan.

Sem problemas. Além disso, desculpe-me. A primeira vez que eu chequei o sistema, eu não pensei em checar os otros comerciantes para verificar que o título havia sido lançado. Com mais investigação, eu vi que a data original de lançamento era 1/7/14, no entanto, o título havia então sido cancelado. Os nossos sistemas não indicam quando o cancelamento ocorreu ou por qual motivo. Eles também não indicam uma futura data de lançamento.”

Os motivos do cancelamento são de fato desconhecidos, mas, de qualquer maneira, não é nada bom ver qualquer produto da série sendo cancelado.

Bianca Takahashi

18 anos. Estudante universitária de Publicidade e Propaganda e Produção em TV e Cinema. Também desenvolvendo habilidades em ilustração e design gráfico. Típica habitante da cidade de São Paulo, SP: apaixonada pelo teatro, pela dança e pela arte urbana.

Você pode gostar...

  • Matheus M

    Como assim novelização?

    • Bianca Takahashi

      É o Livro 1 em forma de história narrativa.

  • glegston mateus

    como assim novelização?
    não vai ter KORRA ‘animada’ só o livro?
    explique-me…. please

    • Bianca Takahashi

      Pelo contrário, haverá animação porém não haverá mais livros narrativos.

    • Sérgio Matheus

      ‘Graphic Novel’, digamos que é um HQ (História em Quadrinhos). Por exemplo, existe Graphic Novels de livros famosos como Percy Jackson e Crepúsculo, que é um livreto que conta a história do livro em formato HQ

      • Só que nesse caso, a novelização gráfica é um livro com texto corrido.

  • luiz

    oque e isso novelização

  • Daniel Ribeiro

    Então essa “novelização” não tem nada haver com o lançamento do terceiro livro, estou certo?

    • matutus

      sim

  • Pensadora

    O que é novelização? Quer dizer que não vai ter mais o terceiro livro?

  • Bob Nerd

    Isso é porque jogam a porcaria do texto num tradutor e postam de todo jeito. Novela Gráfica, ou Graphic Novel, não tem tradução. É basicamente uma HQ, mas só que esse termo está associado a spin-off sem continuação ou histórias fechadas dentro de uma continuidade.

    • Kataang<3

      Ainda não entendi :|

      Quer dizer que o 3° livro foi cancelado ou não?

      • Bob Nerd

        O 3º livro não foi cancelado, a transformação do mesmo numa HQ sim. Só isso.

    • Errado. Trata-se de uma novelização infantil da série animada.

      • Bob Nerd

        Então, vamos lá: novelização é um termo derivado da palavra novela, que é um tipo de literatura maior que um conto e menor que um livro. Não é nada relacionado as telenovelas brasileiras.

        Como o escritor da postagem só jogou o texto num tradutor, não revisou e nem procurou localizar a tradução (espero que você saiba o que isso significa). Entendi que o termo em discussão foi aplicado relacionado a uma HQ, ou uma Graphic Novel. Normalmente esse termo é aplicado a transformação de materiais cinematográficos em livros.

        Mas, voltemos para a sua confusão. Como usei o termo Graphic Novel, no original, quis explicar ao leitor o que significava. Portanto, no que uma Graphic Novel difere de uma HQ normal?

        Resposta: É basicamente uma HQ, mas só que esse termo está geralmente associado a um spin-off sem continuação ou histórias fechadas dentro de uma continuidade.

        Ou seja, eu expliquei ao leitor o que significa o termo. Você entendeu que eu estava dizendo que seria feito um spin-off da série animada seria feito. O erro aqui foi totalmente seu.

        • A questão é que o que está sendo tratado na notícia não é um graphic novel, gibi, comic, HQ ou seja lá o nome que você queira usar. É uma novela infantil, ou seja.. um livro infantil em texto corrido (no Brasil chamamos de literatura infanto-juvenil).

          Não entendi daonde você tirou que algum erro foi meu, uma vez que você entendeu errado sobre o que se trata o artigo.

          • Bob Nerd

            Então, acho que você não leu meu comentário direito, ou se leu não soube interpreta-lo. O meu comentário foi totalmente baseado na postagem, a prova disso é a quantidade de comentários nesta postagem que perguntam o que é uma novelização ou novela gráfica. Vocês corrigiram a postagem e nem se pronunciaram por aqui.

            E outra, eu estava explicando o termo: Graphic Novel (que constava na postagem antes de vocês corrigirem, que foi o que a leitora questionou).

            Você errou em achar que eu estava afirmando, sem base alguma, que o anime viraria uma Graphic Novel quando era a postagem que dizia isso.

            O erro foi seu. Se o site não tem competência para traduzir um texto sem revisão e adequação, é melhor deixar isso para quem pode.

          • vanessa camargo

            Não entendi. Se você é tão bom em inglês, porque ainda perde o seu tempo acessando um site de notícias em português? Se é tão competente, tenta abrir o seu site de notícias ao invés de exercer a ridícula função de denegrir o trabalho dos outros.Outra coisa: Avatar não é um anime. Se você não tem competencia para construir uma crítica forte e sem contradição interna, é melhor deixar isso pra quem pode.

          • Bob Nerd

            Olha, não o fato dele ser produzido nos E.U.A. que faz dele um cartoon, ou qualquer outro gênero de animação. A questão de gênero não está diretamente relacionado a nacionalidade da obra.

            Existem animes produzidos em diversos países fora do Japão, e Avatar é um deles. Não só o traço que faz dele um anime, mas o roteiro, o drama existente, entre outros fatores.

            Sobre os erros de tradução e a necessidade de revisão de um texto, é algo que deve ser chamado a atenção. Digo isso por que escrevo para blogs, e constantemente temos que tomar cuidado com esses fatores para não parecer que o texto é amador demais ou não tem qualidade.

            Foi um erro ter traduzido o termo “Graphic Novel” como novela gráfica sem fazer uma pesquisa. E é bom que isso não volte a acontecer. Gosto do site, consumo o seu conteúdo e chamar a atenção para a tradução é algo que faço para ver o site melhorar. Só isso.

          • Bruno Matheus

            O termo ‘novela’ no Brasil foi, por uso popular, confundido durante anos com as telenovelas, o que faz com que as pessoas confundam as duas palavras. Eu mesmo posto as mesmas notícias no tumblr em inglês e o texto original do conteúdo era mesmo “Graphic Novel”. No entanto, não há a mínima possibilidade de ser uma HQ porque, como a notícia consta, era a continuação de End Game e Revolution, ambas eram novelas normais e não telenovelas e nem HQ’s, não há, portanto, a possibilidade de ser HQ. A notícia original utilizou os dois termos juntos: “Graphic Novel” e “Novelization” ,e , por respeito ao texto original, o tradutor provavelmente deixou os dois misturados. E não, Avatar não é anime por uma simples convenção da fandom.

          • Bob Nerd

            Quanto a tradução, é por isso que falei de localizá-la. Quando se está traduzindo um texto tem que se ter em mente a localização do mesmo. Um exemplo disso foi a tradução da primeira edição do “Game of Thrones”. O tradutor optou por deixar várias expressões do português lusitano confiando no novo acordo ortográfico, só que existem várias expressões utilizadas lá que usamos aqui e isso provocou toda uma confusão entre os leitores brasileiros. Só depois que a editora viu a besteira que fez e localizou todas as outras traduções.

            Quanto a Avatar ser um anime: Avatar é um anime, a fandom querendo ou não. Desde quando os detalhes técnicos são superados por senso comum?

            É o mesmo que dizer que raio, relâmpago e trovão são a mesma coisa por causa do povão assumir que sim.

            É um anime porque tem todas as características técnicas de um anime.

          • Bruno Matheus

            Meu caro Bob,se me permite, não é exatamente a mesma coisa. Enquanto a definição de relâmpago e trovão é definida por instituições científicas, a definição de anime nunca foi clara. Além disso, quem foi avaliar os traços de Avatar para deifinir o gênero? Por acaso alguma estatuto oficial? Não. Portanto, considerando que a série é uma forma de entretenimento e não um fenômeno natural, é justo que o público faça a decisão final.

          • Bob Nerd

            A comparação que fiz foi bem grosseira, é verdade. Mas foi apenas para que entendessem o que eu queria dizer quando aos detalhes técnicos.

            Você tem razão quanto a quem declarou a obra como anime ou não. É bem verdade que se alguma autoridade no assunto não se manifestar será considerado o que os fãs disserem. Porém me questiono quanto ao seguinte: porque os fãs não consideram a obra como anime?

            Na minha cabeça as respostas são as seguintes:

            1 – preconceito por achar que se ela fosse considerada como tal, seria um demérito;

            2 – falta de conhecimento a respeito de categorias de animação;

            3 – por achar que anime é um tipo de animação que só pode ser produzido no Japão.

            De qualquer forma, seja por essas alternativas, ou alguma combinação destas, ou algo com um significado semelhante, só me resta lamentar porque os fãs ao invés de comemorarem, teimam em limitar geograficamente um tipo de animação tão incrível quanto a japonesa.

            Eu fico muito feliz em ver outros estúdios de animação construir “animes” tão bons fora do Japão

          • vanessa camargo

            Só isso? Acho que deveriamos chamar a atenção para as suas falácias: Chegar para um site que posta notícias e traduções de graça, acusar o poster de jogar a “porcaria” da notícia no Google tradutor ,chamar o site de incompetente e dizer que quer apenas ajudar não faz o menor sentido. Posso te ajudar também dizendo que você apenas ficou chateado que saiu por aí dizendo que era HQ sendo que Revolution e The End eram o tempo todo em prosa e agora está culpando inteiramente o site. Os dois livros não foram citados a toa, afinal, nenhuma palavra se adere ao texto por acaso. Um bom crítico ou blogger não deveria saber disso também?

          • Bob Nerd

            Olha só, a notícia levava a interpretar o texto da forma que postei no meu primeiro comentário. Não assumir isso é, no mínimo, cegueira.

            Outra coisa, quando o autor colocou as outras duas obras inseridas no texto o leitor tem que desfazer a confusão (que o texto provoca) ao tentar associar uma coisa a outra. O texto fica ambíguo e não é bom que seja assim. Então tem que se ter cuidado ao traduzir textos utilizando ferramentas como a do google, o que é totalmente reconhecível quando estamos falando de textos grandes.

          • vanessa camargo

            Interessante, a sua interpretação agora é universal, deve ser aplicada para todos. Desculpe mas eu entendi perfeitamente. A dúvida dos leitores em todos os comentários da página é claramente com o termo “novelização” que está correto pois trata-se da conversão de uma série animada para um texto em prosa. A cegueira está em você que critica a tradução os outros mas compara definição científica com subjetiva. Know your place.

          • Bob Nerd

            Ok, se minha interpretação é universal eu não sei. Acho que não. Mas não fui só eu quem se confundiu e a prova está nos comentário. Se você não enxerga isso, não sou eu quem vou mostrar.

          • Bruno Matheus

            Bob, meu caro, as pessoas apenas não sabem o que é novelização porque parece que é telenovela, mas isso basta procurar no Google. Abraço!

          • Bob Nerd

            Isso é verdade, mas não questionei isso. Enfim, deixa pra lá. O texto já foi arrumado e está tudo resolvido.

          • vanessa camargo

            Todos os comentários da página contêm uma dúvida que refere-se claramente ao termo “novelização” que está correto, pois trata-se da conversão de uma série animada para um texto/conto em prosa. O termo Novela Gráfica foi puro apego pessoal que você está tentando coletivizar. A cegueira, portanto, está em você, que critíca com todo o rancor a tradução dos outros em detrimento de uma interpretação equivocada individual e que depois, ironicamente atinge o próprio texto comparando uma definição objetiva com uma subjetiva na tentativa de elevar o status das próprias premissas. Trágico.

  • Robert X Macedo

    Noticia mais sem sentido, eu lá vou intender o que é novelisação, pode ser muitas coisas pose ser a serie anima e etc…..tinha que deixar isso mais claro na noticia.

    • Igor Puttini

      Primeiro.
      Aprenda a escrever.

7 de December de 2016

Clear all