Top 10 episódios de A Lenda de Aang

Avatar: a Lenda de Aang é uma das melhores séries da última década. Vamos dar uma lembrada nos episódios mais marcantes?

10. O Cometa Sozin: Parte 4
Lançado em: 19/07/2008

SozinsCometPart4

Quando assistimos a luta final entre Aang e o Senhor do Fogo, percebemos que nos foi entregue o que realmente esperávamos.

O episódio também apresentou alguns momentos que queríamos ver desde o primeiro episódio – Aang usando os quatro elementos, por exemplo. O epílogo juntou as pontas soltas.

9. O Espírito Azul
Lançado em: 17/06/2005

BlueSpirit

“O Espírito Azul” é um favorito de muitos fãs, mais notavelmente por seu mistério e suspense intrigante. Mais importante, enfim, esse episódio marcou um ponto de virada para o Príncipe Zuko. Após Aang ser capturado e aprisionado pelo Comandante Zhao, Zuko tentou resgatar Aang fantasiado de Batman azul sob a aparência do seu alter ego, o Espírito Azul. Mas da forma que foi apresentado, ninguém sabia quem era paradigma misterioso realmente era até mais tarde na história.

O que foi bom desse episódio foi ver Aang e Zuko trabalhando juntos pela primeira vez, unindo-se para derrubar um inimigo em comum. E mesmo que Aang não percebeu que era Zuko por trás da máscara – e, para aquele momento, Zuko estava salvando Aang para ajudar a si mesmo – foi aqui que percebemos que os dois garotos poderiam se tornar aliados.

8. Trabalho Duro
Lançado em: 2/06/2006

BitterWork

Nesse episódio, Aang finalmente aprendeu formas de dominação de terra de uma instrutora desgostosa, Toph Beifong. Uma vez que a terra é o elemento oposto do nativo de Aang, o ar, era esperado que ele tivesse dificuldade em dominar o elemento.

Não só Aang aprendeu como dominar terra nesse episódio, mas Tio Iroh ensinou Zuko como redirecionar um raio. Nós também aprendemos que Iroh era muito mais sábio do que dávamos crédito antes. Seu discurso detalhando a importância vital dos quatro elementos ofereceu grande destaque aos temas mitológicos da série.

7. Os Mestres da Dominação de Fogo
Lançado em: 15/07/2008

FirebendingMasters

Após dominar os outros três elementos, era hora de Aang lidar com o elemento do fogo. No início, o fogo só foi visto como uma ferramenta sinistra e exclusiva da Nação do Fogo, mas aqui aprendemos a verdade sobre a dominação do fogo, num lugar distante chamado Templo dos Guerreiros do Sol. Em “Os Mestres da Dominação do Fogo”, Aang e Zuko foram em uma jornada para encontrar essa cidade extinta, onde descobriram que os Guerreiros do Sol ainda existiam, bem como dois dragões antigos!

Foi bom ver Aang e Zuko trabalharem juntos novamente, dada sua história violenta juntos. Essa foi realmente a primeira vez que vimos Zuko provando sua lealdade a Aang – e qual maneira melhor que explorar umas ruínas antigas juntos?

6. As Encruzilhadas do Destino
Lançado em: 1/12/2006

Crossroads

Esse episódio em específico não tinha como não estar nessa lista. Aqui, vimos a brutalidade pura da irmã do Zuko, Azula, que logo mais vimos que ela era má em todos os sentidos.

“Encruzilhadas do Destino” foi também um dos episódios mais sombrios da série, e terminou com várias mensagens negativas: Zuko traiu seu tio, a Nação do Fogo tomou Ba Sing Se, e a Gaang foi forçada a se esconder. Por outro lado, a finale do Livro 2 foi cheia de ação e emoção.

5. As Histórias de Ba Sing Se
Lançado em: 29/09/2006

BaSe

“As Histórias de Ba Sing Se” foi um episódio bastante diferente, o que o fez se destacar. Transmitido dentre uma série de vinhetas e dando destaque a diferentes personagens, esse episódio se tornou verdadeiro perante ao programa, contando com muitas risadas e momentos emotivos. Katara e Toph vão à cidade para um dia de garotas e se tornam amigas próximas; Sokka aprende lições; Zuko finalmente se dá um tempo e vai a um encontro; Aang constrói um zoológico (por que não, né?); e Momo procura por Appa.

É claro que o segmento mais memorável foi o do Tio Iroh. Após sua própria desventura em Ba Sing Se, o senhor caminha até o alto de um monte, onde é revelado o aniversário de morte do seu filho. Aproveitando o impacto emotivo, “As Histórias de Ba Sing Se” foi dedicado a Mako, o dublador de Iroh, que faleceu pouco tempo antes do episódio ir ao ar.

4. O Avatar e o Senhor do Fogo
Lançado em: 26/10/2007

AvatarandFirelord

Nesse episódio, Aang e Zuko aprendem mais sobre o Avatar Roku e o Senhor do Fogo Tozin, e como os dois eventualmente se tornaram rivais. Em termos de história, esse foi grande. Aqui, descobrimos como a Guerra de Cem Anos começou e o envolvimento de Roku nela.

Por si só, “O Avatar e o Senhor do Fogo” foi uma boa história – o clássico conto de amigos de longa data se tornando inimigos mortais. Também acrescentou altas apostas, dando mais informação sobre o Avatar e seu papel no mundo. Mais ainda, vimos que Zuko era descendente tanto de Sozin como Roku, o que deixou Zuko com uma decisão muito importante – uma grande reviravolta para a série.

3. Zuko Sozinho
Lançado em: 12/05/2006

ZukoAlone

“Zuko Sozinho” trabalhou em dois níveis. Primeiro, a influência ocidental obvia, mas então o fato de ser um marco essencial para Zuko – discutivelmente seu melhor na série. Foi aqui onde ele se transformou de um adolescente temperamental para o durão com coração de ouro.

Nesse episódio, Zuko faz amizade com um jovem garoto cuja família o acolheu uma noite. A medida que Zuko conta sua infância, ele lembra como sua mãe era a única que conseguia realmente entendê-lo. Mas uma vez que ela desapareceu, Zuko foi forçado a lidar com tudo sozinho.

2. O Cerco do Norte: Parte 2
Lançado em: 2/12/2005

SiegePart2

Em “O Cerco do Norte”, o foco primário foi em Aang e sua jornada no Mundo Espiritual, em paralelo com a Tribo da Água do Norte defendendo os espíritos da Lua e do Oceano. Enquanto isso, Zuko capturou o corpo de Aang na esperança de voltar para a Nação do Fogo com o Avatar.

No fim, esse episódio foi um final estelar para a primeira temporada. Havia algo quase mítico sobre isso que realmente acertou a dicotomia entre o fogo e a água, que empurra e puxa. Ao mesmo tempo, acertou todos os batimentos emocionais e definiu momentos dos personagens. Foi satisfatório em todos os níveis, e te deixou animado para a próxima temporada.

1. A Tempestade
Lançado em: 3/06/2005

Storm

Eu suspeito que “A Tempestade” foi o ponto de virada mais significativo para os telespectadores, o que provou que Avatar é uma série diferente de todas as outras da programação da Nickelodeon. Até esse episódio, a história era boa, porém ainda era muito voltada para o público infantil – mas humor e episódica.

Não é coincidência que a maioria dos melhores episódios de Avatar destacaram Aang e Zuko. Em “A Tempestade”, nós vemos o início dos dois garotos e como eles foram direcionados para seguir seus caminhos separadamente. Aqui, Aang lida com as responsabilidades que ele deixou para trás 100 anos atrás, enquanto Zuko reflete nas diferenças entre ele e seu pai, Ozai. Esse episódio também foi um dos primeiros a mostrar o lado meigo do Zuko e retratar ele como mais do que apenas um adversário do Avatar.

Explorar essas histórias de fundo foi essencial para entender como Aang e Zuko marcaram, e esse episódio mostra ambas as frentes, em última analise, para dar ao programa um propósito mais elevado. Esse é o motivo que “A Tempestade” é arqueado como número 1.

O que você achou? Deixe um comentário!

Eduardo Guerra

22 anos, estudante universitário de Design Gráfico e Mídias de Entretenimento. Nascido em Campinas, SP, atualmente mora na cidade de Gold Coast, na Austrália. Adora livros, música e cinema. No site, atua como administrador geral, atualizando o portal sempre que possível e organizando as áreas específicas para a satisfação dos membros.

Você pode gostar...